Orçamento Participativo 2015 dividido em duas variantes, Geral e Jovem

05 de Junho, 2015
IMG_0553_ed
Potenciar os valores da democracia e incentivar toda a comunidade na participação na gestão pública local. É sob esta premissa que o Município de Vila Nova de Cerveira avança com o Orçamento Participativo 2015, mas orientado por um regulamento discutido na Assembleia Municipal de setembro. Entre as novidades, o documento adota dois processos paralelos de Orçamento Participativo, o Jovem (OPJ) e o Geral (OPG).

Potenciar os valores da democracia e incentivar toda a comunidade na participação na gestão pública local. É sob esta premissa que o Município de Vila Nova de Cerveira avança com o Orçamento Participativo 2015, mas orientado por um regulamento discutido na Assembleia Municipal de setembro. Entre as novidades, o documento adota dois processos paralelos de Orçamento Participativo, o Jovem (OPJ) e o Geral (OPG).

Com este mecanismo, a população de Vila Nova de Cerveira é chamada a decidir o destino de parte do orçamento da autarquia, uma medida já introduzida duas vezes no passado, mas que sofre algumas alterações significativas.

A Câmara Municipal desafiou a Assembleia Municipal a constituir uma Comissão de Trabalho responsável pela elaboração de uma proposta de Regulamento para o Orçamento Participativo, inexistente até à data. Prontamente aceite, e depois de várias reuniões, o grupo de trabalho nomeado apresentou, o projeto de Regulamento, entretanto bem acolhido, sujeito a um período de possíveis contributos dos deputados municipais e, posteriormente, aprovado.

Dando cumprimento às propostas patentes no programa eleitoral de recentrar a política nas pessoas e dando mais força às políticas de proximidade e mais responsabilidade aos cerveirenses, a autarquia pretende incorporar todas as faixas etárias no debate sobre o desenvolvimento do Concelho e, como tal, passa a existir dois processos paralelos de Orçamento Participativo: o Orçamento Participativo Jovem (OPJ), com uma verba de 10% e o Orçamento Participativo Geral (OPG), com a restante fatia.

O presidente da Câmara Municipal sublinha uma ferramenta que vem reforçar a participação dos cidadãos nos processos de decisão municipal promovendo uma sociedade civil forte e ativa na definição das prioridades governativas para o contínuo desenvolvimento da qualidade de vida no concelho.

Fernando Nogueira acredita que esta consulta popular agora regulamentada incentiva o diálogo entre os órgãos municipais, os cidadãos e a sociedade civil, fomentando a participação cívica; adequa as políticas públicas municipais às necessidades e expetativas das pessoas e, sobretudo, aumenta a transparência da atividade da autarquia.

Ficheiros anexos

Mais imagens

Topo

logotipo do OP Município de Vila Nova de Cerveira
Praça do Município
4920-284 Vila Nova de Cerveira

partilhar
Powered By WMOP